Busca Avançada
Filtre por:
Filtrar
Descrição Geral

Nasci ao meio-dia e quinze do dia 28 de Julho de 1953, em São Paulo, na Pro Matre (bairro da Bela Vista). Leão, com ascendente em Escorpião e a Lua sozinha e carente em Peixes. [...] De piano, fui péssimo aluno, jamais passei das Invenções a duas vozes de Bach, que aliás adoro. [...] Uma vez, tirei de ouvido uma peça difícil de Haendel, o Harmonious Blacksmith, apenas escutando o vinil com o cravo da Wanda Landowska, e fui, cara-de-pau, fazer de conta que havia estudado pela partitura. D. Joanita percebeu que na mudança de página eu continuei a tocar, sem virar a folha. Pronto. Fui desmascarado no ato – me lembro disso com carinho. [...] 

Claro que alguns discos foram exaustivamente ouvidos ao longo da minha vida, e eu enumeraria aqui: o vinil Chega de Saudade, de João Gilberto, com Bim Bom do outro lado, é o campeão absoluto; Edu Lobo com o Samba Trio, Baden Powell e tantos outros da Gravadora Elenco de Aloysio de Oliveira; Elis e Tom (aliás o Tom é meu Rei absolutíssimo), muito Taiguara, muito Chico, Caetano, Gil, muito Milton, Lô Borges e o maravilhoso movimento de Minas. Dos internacionais, Glenn Miller, Ray Charles, Beatles, Stones, Santana, Steppenwolf, The Who, Yes, Genesis, Emerson, Lake & Palmer, Clapton, Faces com Rod Stewart, Gentle Giant, Hendrix, Vangelis solo e em seu Aphrodide´s Child e o grupo progressivo italiano Le Orme são os que mais me recordo. A década de 60 foi riquíssima, é impossível não estar aqui sendo injusto com alguma coisa…

O Otávio Augusto, o Guto Graça Mello e o João Araújo resolveram me lançar como tema da novela das 7 (Anjo Mau), e aí sim começaria de verdade a minha história.

Devo tudo a essa oportunidade, que em seguida me abriu os caminhos para o primeiro LP, em meados de 1976. Não que Meu mundo e Nada mais tenha estourado de cara. Demorou pra tocar no rádio. Eu me lembro que no começo só tocava de madrugada, na antiga Radio Excelsior, mas era uma emoção me ouvir no mesmo velho radinho de pilha debaixo do travesseiro (onde tantos jogos do Santos de Pelé foram acompanhados na adolescência, com inesquecível narração de Fiori Gigliotti). Meu mundo e Nada Mais, composta em 69, viria a tocar 530 vezes na novela, que eu contei, assistindo com a minha avó Iracema, que na época morava no Lar Santanna. Era um massacre, virei um sucesso instantâneo…

Um dia sonhei que eu havia morrido. Com o máximo de modéstia e sincera modéstia no meu sonho, falavam de mim no Jornal Nacional, e ao final, após o “Boa Noite” na voz grave do apresentador, a cena fechava e congelava no Maracanãzinho, naquele meu “close” cabeludo, Terra, Planeta Água… e as datas de nascimento e morte se escreviam na tela. A seguir, entrava o comercial.. Vida que segue….Acordei, suando na madrugada…É isso que vai ficar de mim ?

               Guilherme Arantes: http://guilhermearantes.com

                  

ÁREA DA FRENTE:

  Mesa com 4 cadeiras: R$ 500,00

  Mesa com 5 cadeiras: R$ 625,00

  Mesa com 6 cadeiras: R$ 750,00

           

ÁREA DO FUNDO:

  Mesa com 4 cadeiras: R$ 400,00

  Mesa com 5 cadeiras: R$ 500,00

  Mesa com 6 cadeiras: R$ 600,00

        

PISTA:

  Cadeira individual(sem mesa): R$ 80,00

Ver menos
Localização
CENTRO DE TRADIÇÕES GAÚCHAS - CTG
AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES - BOA VISTA
Realização
Claudia Bezerra Garcia

Mandar Mensagem para a Organização
Apoio
SHOW GUILHERME ARANTES
Disponível
Classificação Livre
31 de agosto de 2019
21h00m
AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES - BOA VISTA
Adquira seu Ingresso